quinta-feira, fevereiro 09, 2006

intransponível

Subindo por fios
Rasgando tudo que não seja devidamente volátil

Submerso em aspirações
Inspirando certezas
Vomitando estilhaços de verdades dadas

Contrariando o obvio
Pelo simples fato de ser humilde
E querer

Vangloriando o inesperado
Mesmo sabendo que dele
Não se pode esperar tanto assim

E o passar dos dias
Que só fazem calor
O calor monótono e incauto dos desajustados
Que ao menor sinal de leveza se desfazem em lágrimas

Não se pode crer tanto em gritos
Mas por enquanto
Eles são algo,
Mesmo sem transformação.

*nian.pissolati

2 comentários:

maisoumenandonadismos disse...

Os dias estão ai. A gente é que passa. As verdades dadas tb acabam passando. Que bom que voltou. Rá

Manu disse...

pura verdade... estamos sempre contrariando o óbvio, pelo simples fato de ser humilde....
vivendo e aprendendo...